Crítica - A Mulher Rei

Assista imediatamente A Mulher Rei!



Assista imediatamente A Mulher Rei porque tem Viola Davis deitando todo mundo na porrada.


Assista imediatamente A Mulher Rei porque Lashana Lynch faz a Izogie e ela rouba a cena esbanjando carisma, humor e piadas, força, imponência e muitas outras coisas.


Assista imediatamente A Mulher Rei porque é um ótimo drama com várias camadas, incluindo jornadas das heroínas, conflitos internos e externos, guerra, paz e amor.


Assista imediatamente A Mulher Rei porque tem muita ação, pancadaria de qualidade, lutas muito bem coreografadas e o Kiviage Cast é extremo defensor da Instituição Mulheres Armadas.


Assista imediatamente A Mulher Rei porque não lembro de um filme tão representativo assim desde Pantera Negra do Ryan Coogler, onde não esconde as consequências do colonialismo, ainda assim mostra uma África forte, com seu povo inteligente e uma paisagem além das savanas.


Assista imediatamente A Mulher Rei, apesar de terem pecado em utilizarem atores gringos para personagens brasileiros, ou que falassem português direito pelo menos. Alfred Enoch, velho conhecido de Viola, soltinho no pagode e não usaram o rapaz? Isso pode desconectar qualquer pessoa fluente em português um pouco do universo das Agojie (Exército de Mulheres Armadas e Poderosas). A gente sabe que o estadunidense acredita que o mundo gira em torno de si, mas esse filme é uma demonstração clara de que esforços estão sendo feitos.


Assista imediatamente A Mulher Rei porque é um filme ótimo, com uma boa construção, muita ação, personagens carismáticas - e uns personagens sem sal -, representatividade e empoderamento.


Assista imediatamente A Mulher Rei porque mamãe Viola Davis mandou lotar as salas de cinemas e você não tem esse desvio de personalidade de desobedecer essa ordem!


Nota: 4 acarajés e um abará