Crítica – An Evening With Silk Sonic (Silk Sonic)


Oito meses depois e um dos discos mais aguardados do ano saiu. Uma parceria originada em 2017 entre Bruno Mars e Anderson .Paak que já demonstraram no seu primeiro single – de longe, um dos hits do ano. À saber: Leave The Door Open – que essa dupla, mais Bootsy Collins (um dos maiores baixistas estadunidenses) sendo o “anfitrião” do que vinha por aí, que Silk Sonic tinha O MOLHO. 12 de novembro de 2021 e uma noite com Silk Sonic – tradução do nome do álbum – está entre nós.


O álbum, como um todo, tem uma concepção maravilhosa. Aparentemente ele segue uma saga:

A Intro é sobre “Silk Sonic vem muito aí”. Leave The Door Open é a pessoa chamando o contatinho pra passar a noite em sua casa. Fly As Me é a pessoa sentindo a necessidade de alguém voando com ela e imagina que a guria seja tal pessoa. After Last Night é a pessoa concluindo de que É ELA. Smokin’ Out The Window é o coração partido de um gado que caiu no golpe. Put On A Smile é sofrência pura, com direito a pensamentos de ir na casa dela debaixo de chuva e tudo. 7-7-7 é uma referência a um caça-níquel. Se ela não me quer, vou pra bagaceira em Vegas. Skate é a pessoa, aparentemente ainda em Vegas (o começo da música faz referência a moedas e tal), tendo mais uma noite com a mulher tão desejada e percebendo que ela é a única, quando diz “I never fall, but tonight you got me fallin’ for you. And only you.” (Eu nunca caio, mas hoje à noite você me fez caidinho por você. E só você). Blast Off é a conclusão dessa história de amor decolando para mais alto, subindo a estratosfera, em caminhos felizes com Barbra (nome revelado na última palavra citada do álbum). Posso ter pensado corretamente ou ido muito pra Disney nessa, mas algo certo é que esse álbum tem uma sonoridade maravilhosa, excelentes linhas de baixo, metais, uma bateria que lembra muito aos artistas da Motown dos anos 60 e 70, um Anderson .Paak fazendo rap em apenas uma música, mostrando mais uma vez sua versatilidade, e o Bruno Mars sendo Bruno Mars. É perceptível as referências claras ao soul, funk dos anos 70, um pouco de música latina, além de outros elementos que o torna um dos melhores discos do ano (talvez o melhor) e possivelmente deve figurar no Grammy... de 2023 – O período de elegibilidade foi até o fim de outubro. Os singles lançados antes podem concorrer a algumas categorias, mas o álbum mesmo só pode pintar na premiação apenas mais pra frente.


Fato é que valeu a pena esperar. Vale a pena ouvir o álbum todo. Vale a pena ouvir as músicas separadamente. Tem música pra balançar o esqueleto, música pra dançar agarradinho, música pra se declarar pra pessoa amada, música pra andar de skate. Enfim, músicas de excelente qualidade. Álbum de excelente qualidade e apenas uma noite com Silk Sonic é pouco pra essa obra maravilhosa e que merece tudo.


Nota: 5 acarajés completíssimos.


Ficha técnica:

Nome do Álbum: An Evening With Silk Sonic Artista: Silk Sonic Produção: Bruno Mars, D’Mile Distribuição: Warner Music