Crítica - Maldivas



Tem muita produção por aí que recebe muito aplauso da crítica especializada, ganha rótulo de clássico e o povo fica babando ovo pra algo bem nota dó. Daí vem alguma produção feita no Brasil diferente do Humor Multishow e o povo já acha que a galera tem que reinventar a roda. Certamente Maldivas vai sofrer um pouco da Síndrome de Vira Lata que acomete o brasileiro, mas é uma produção diferente que merece bem atenção.


Entretanto é obrigação minha pontuar que as atuações não são o ponto forte. Carol Castro e Sheron Menezes até são competentes nas suas funções, Bruna Marquezine faz o que sabe fazer de melhor na ficção, que é chorar, e Manu Gavassi interpreta a si mesma, uma jovem adulta insuportável que vive fazendo caricatura pra ganhar biscoito do público. Se dependesse das atuações pra segurar a trama, seria difícil de engolir, mas a Natália Klein é quem faz Maldivas ganhar seu valor.


Natália Klein interpreta Verônica, que é a narradora da história. Além disso ela é a produtora e roteirista da série dirigida por José Alvarenga. A narradora e a narrativa conseguem conduzir você pra vários lados da história e permite uma cacetada de plot twists envolvendo todo mundo, cujas reviravoltas poderiam fazer a série se perder loucamente, mas isso não acontece. São coisas que fazem sentido e terminam favorecendo toda a construção das tramas principal e secundárias.


Temos uma história muito bem contada, tramas paralelas relevantes que evidenciam o momento de cada personagem durante o desenrolar da série. Se era necessário ou não é outra história. É possível considerar que seria excelente se fosse mais enxuto e fosse um filme ou tivesse os personagens melhor trabalhados e se tornasse uma série maior.


Entretanto, Maldivas tem uma construção competente e ótimas reviravoltas, além de humor e piadas com uma acidez legal. Recomendo muito que prestigiem o que Natália Klein fez com a série. E vá de mente aberta. Se for assistir pra procurar defeito, vai achar de monte, mas desarme. Se essa série fosse assinada por Sofia Coppola ou Paul Thomas Anderson, protagonizada por uma Blake Lively da vida, todo mundo estaria enaltecendo a produção e pedindo Emmy. Eu vou valorizar o produto nacional e torcer para que façam mais coisas assim.


Nota: 4 acarajés


Ficha Técnica


Nome: Maldivas

Gênero: Drama, Suspense, Policial

Duração: Sete episódios de meia hora, aproximadamente.

Elenco: Bruna Marquezine, Natália Klein, Manu Gavassi, Carol Castro, Sheron Menezes, Vanessa Gerbelli, Enzo Romani, Klebber Toledo, Ricky Tavares, Ângela Vieira, Guilherme Winter

Roteiro: Natália Klein Direção: José Alvarenga Produção: Natália Klein Distribuição: Netflix