Crítica - O Mapa das Pequenas Coisas Perfeitas


(Divulgação - Prime Video)

Genérico e fofo, "O Mapa das Pequenas Coisas Perfeitas" provavelmente vai melhorar o seu dia.


Já pensou se tu pudesse viver o mesmo dia várias e várias vezes? Já? Pois é, não é de agora que vemos filmes sendo lançados com essa temática de "looping temporal". Já tivemos o clássico "Feitiço do Tempo" com Bill Murray e até mesmo ficção científica com Tom Cruise em "No Limite do Amanhã". Aqui em "O Mapa das Pequenas Coisas Perfeitas" vemos essa mesma temática só que de um ponto de vista mais adolescente.


O filme foi dirigido por Ian Samuels (Sierra Burgess é uma Loser), que já começa o filme acompanhando Mark (Kyle Allen), um rapaz que está preso no tempo -- assim como Bill Murray. Uma decisão interessante do filme aqui é justamente a de não nos mostrar como isso aconteceu. Na verdade, quando o filme começa o próprio Mark já está acostumado e até bem feliz com a ideia de viver o mesmo dia várias e várias vezes.

(Reprodução - Prime Video)

Mas obviamente nem tudo pode ficar igual o filme inteiro. Na vida de Mark, surge a Margaret (Kathryn Newton), uma garota também presa no tempo. E então os dois começam a se encontrar e a tentar se conhecer dia após dia (se é que eu posso dizer isso num filme que o mesmo dia se repete) das formas mais criativas e diferentes possíveis.


Uma mensagem muito legal que o filme traz para nós é que, todos os dias ao nosso redor coisas completamente aleatórias porém praticamente perfeitas acontecem dentro do nosso alcance. Só com muita sorte de estar olhando para o lugar certo na hora certa é que você consegue aproveitar essas "pequenas coisas perfeitas". Só que nosso casal aqui vê um mesmo dia diversas vezes e aproveitam para mapear esses pequenos momentos juntos.


O roteiro aqui não é a coisa mais especial e interessante do mundo, muito menos inovadora. O filme aqui aposta no básico, sem grandes surpresas, o que é chato de certa forma já que esse filme parecia sim ter potencial para algo a mais. Mas é sim um filme redondinho, divertido e fofo. A melhor coisa que encontramos aqui é justamente a boa química entre os dois atores principais que entregam bem seus personagens.


(Reprodução - Prime Video)

No fim das contas, 'O Mapa das Pequenas Coisas Perfeitas' (que nome grande viu) é um filme fofo. Pode não ser um filme que vá marcar a sua vida mas com certeza vai deixar o seu dia um pouquinho melhor. A Amazon Studios acertou nessa e bem, tá na hora de alguém disputar com a Netflix quando o assunto é o público adolescente.


Nota: 3 Acarajés