Recomendação - 22

Você certamente conhece alguém, se você não for esse alguém, que queria dormir e acordar... sei lá... em 2022. Nesses tempos de pandemia, pensar como será o futuro é meio complicado porque a gente pode ser otimista, pessimista ou pensar num monte de doideira, tipo Felipe Neto candidato a presidente da República.


Na série "22", nós somos inseridos num mundo que vou chamar de pós-apocalíptico, onde vemos o que sobrou do Brasil pós-coronavírus. Também vemos a história de Malcolm (Mascka) ajudando Eric (DFideliz) a entender o que aconteceu com sua vida, e com o mundo, pelo fato de Eric ter dormido em 2020 e acordado só em 2022.


A série é curta com cinco episódios, de 10 minutos cada (dá pra assistir tudo numa sentada ~la ele), e mesmo assim ela consegue te prender nessa busca pelo passado de Eric. Mérito do roteiro que nos faz refletir sobre o futuro, por meio de situações tensas ou ótimos alívios cômicos que surgem dos personagens ou de notícias (agora eu te conto que lhe dei um spoiler no primeiro parágrafo desse texto).


As atuações, principalmente da dupla protagonista, são muito boas e a série é muito bem dirigida e produzida, apesar de ser gravada em plena pandemia. Está no Youtube e recentemente ganhou três prêmios no @riowebfest, incluindo Melhor Série - Voto Popular e Melhor Fotografia.


Nota: 5 acarajés que pretendo pagar a Plinio, quando vir a Salvador.


Por: David Zuco