Renatinha Recomenda - Conversando Com Um Serial Killer: O Palhaço Assassino

O documentário explica como um cidadão de bem acima de qualquer suspeita pode ser capaz das piores atrocidades.

É possível que a maioria de vocês já conheçam a história do palhaço assassino do livro e filme It: A Coisa, mas nem todos sabem de onde (provavelmente) surgiu a inspiração para o personagem ficcional Pennywise que protagoniza essas obras. Tudo indica que a inspiração foi a história de vida de John Wayne Gayce, um empresário que fazia parte de organizações que ajudavam a população mais carente, frequentava cultos religiosos e um casamento quase perfeito que culminava na sua imagem de homem de família, porém o que seus vizinhos e colegas de trabalho nunca poderiam imaginar é que esse mesmo homem tinha uma vida paralela coberta de lama, sangue e tortura.


O documentário em si tem um ritmo satisfatório, ele disseca os passos da investigação de uma maneira interessante e assim como o documentário de Ted Bundy, também conta com áudios do próprio John Wayne de fitas gravadas pela polícia durante a investigação que nunca tinham sido liberadas até agora.


Porém para quem leu o livro Killer Clown Profile: Retrato de um assassino é notável a diferença dos detalhes que não foram exibidos na produção da Netflix, talvez tenha sido dada a preferência para os detalhes mais significativos para a construção da narrativa.


Por outro lado é muito interessante ver a versão de outras pessoas que estavam envolvidas no caso, como o promotor, o advogado de defesa e ainda o único que conseguiu escapar das garras de John e saiu vivo da tentativa de abuso sexual. Observar como na época caso se tornou muito mais sobre a vida do assassino do que sobre dar visibilidade as vítimas, também é interessante e traz uma sensação de alívio ver que até hoje essa investigação está em aberto e existem pessoas empenhadas em identificar as vítimas faltantes e fazer com que elas deixem de ser apenas números em um quadro branco com uma interrogação.


No final das contas, para quem gosta desse tipo de produção eu recomendo, com a ressalva de que o livro ainda vai te chocar ainda mais por conta dos detalhes de cada vítima, que até então totalizam-se em 33, até porque o próprio John confessou que ninguém encontrará os outros corpos.


Nota: 3 acarajés


Ficha técnica:


Título Original: Conversations with a Killer: The John Wayne Gacy Tapes Duração: 185 minutos Ano produção: 2021 Estreia: 20 de abril de 2022 Distribuidora: Netflix Dirigido por: Joe Berlinger Classificação: 16 anos Gênero: Documentário, Crimes Reais, Biográfico Países de Origem: EUA