Review - Falcão e o Soldado Invernal: Nova Ordem Mundial




Depois do espetáculo que foi WandaVision e seguindo os eventos de Vingadores: Ultimato, vamos ao reencontro dos dois melhores amigos do Capitão América - alguns meses depois do blip e também dos eventos de WandaVision - Bucky Barnes, nosso querido Soldado Invernal, e Sam Wilson, o grande Falcão.

O episódio começa mostrando a perspectiva do Falcão e como ele vem agindo depois que voltou do blip. Logo de início temos uma cena de perseguição aérea muito empolgante e bem feita. Após a perseguição, vemos o Sam com um dos soldados que estava com ele, a cena parece criar uma relação que será melhor tratada daqui pra frente, já que esse soldado traz a primeira citação aos “Apátrias”.


Depois seguimos para um discurso do Sam. E nesta apresentação também está lá o Máquina de Combate. Nesta apresentação, o Sam passa o escudo do Steve para o governo, já que não se acha digno de exercer assumir o título de “Capitão América”.


Mas a serie não se chama apenas “Falcão”, né? Então logo seguimos para mais uma boa cena de ação com o Soldado Invernal, cena essa em que sozinho ele elimina um grupo de agentes e ainda um garoto asiático inocente, ainda solta para nós um “Hail Hydra”. Mas isso não passou de um pesadelo do Bucky, remetendo a época em que ele agia com um super assassino.

 

Aqui eu gostaria de dizer que a série parece querer tratar um clima parecido com uma depressão pós-guerra. Os personagens principais praticamente acabaram de sair de uma sequência pesada de embates. O próprio Bucky está dormindo no chão, lembrando aquela frase que “a cama é macia demais para quem voltou da guerra”.

 

Depois disso acompanhamos o Bucky para uma consulta com uma psicóloga que insiste em perguntar sobre o pesadelo que o Bucky teve dessa vez, porém o mesmo hesita em falar, mas ele acaba contando uma coisa que ele fez como forma de se retratar pelos crimes que cometeu quando estava sob controle da Hydra. Aqui fica entendido que os Estados Unidos planeja perdoar o Bucky por todos os crimes que cometeu em nome da Hydra.


Lembra do soldado amigo do Sam? Então, seguimos para uma cena com ele, na qual ele parece estar se reunindo com os “Apátrias”, infiltrado. E logo após isso um dos Apátrias pula de um prédio com duas sacolas, aparentando ter muito $$. Depois disso, esse mesmo membro demonstra ter super força empurrando um dos policias a uma grande distância e, ao ver isso, nosso querido e infeliz soldado tenta prender o membro e leva uma bela surra... Mas pelo menos sobrevive. Vamos ficar de olho nesses Apátrias.


Voltamos então para ver Sam e a sua família. Ele e a irmã discutem assuntos financeiros, e aparentemente no tempo que o Sam ficou fora, sua família teve grandes problemas relacionados a dinheiro e sua irmã teve que fazer empréstimos para poder acabou se envolvendo numa grande dívida. Dívida essa que leva ela a pensar em vender o barco da família, só que Sam não mostra interesse em fazer isso e fala que pode ajudar. Ela não aceita de cara, mas, com muita insistência do Sam, eles partem para um banco para tentar fazer o tal empréstimo. Logo de no início, o atendente do banco faz uma cara de surpreso e jura conhecer o Sam de algum lugar, mas não lembra aonde, até que ele percebe que o Sam é o Falcão e então ele pede para ele tirar uma selfie, o que deixa o Sam feliz, achando que aquilo facilitaria o pedido de empréstimo e ajuda do banco, mas o pedido é negado justamente porque o Sam não tem renda há mais de 5 anos. O atendente pergunta sobre o salário como vingador e então Sam afirma que nesse emprego eles tem que ter somente muito amor pela causa e ganham com agradecimentos, somente, contudo Sam ainda tinha alguns contratos com o Governo, porem eles não são o suficiente. Tá achando que é fácil ser Vingador?


Vale ressaltar o encontro do Bucky no final do episódio. Ele chega com flores e a garota diz que isso ao mesmo tempo que é ultrapassado é fofo. Mais a fundo, no encontro, surge o assunto do senhor asiático e o motivo do filho dele ter morrido. Ela começa a falar bastante sobre isso, o que incomoda Bucky que levanta e sai, indo direto à casa do velho amigo que ao abrir a porta nos possibilita ver uma foto num altar do mesmo garoto asiático que Bucky matava em seu pesadelo. Falcão e o Soldado Invernal promete tocar em assuntos importantes e profundos.

Seguimos então para as cenas finais do episódio. A primeira cena mostrando o soldado amigo do Sam ligando para ele e falando dos acontecimentos com os Apátrias. Logo depois, a irmã do Sam vai correndo e pede para ele ligar a TV, no momento em que o governo está apresentando para o mundo o novo Capitão América.


Utilidade pública: não tem pôs créditos.


Nota: 4 acarajés e um abará.