Review - Gavião Arqueiro: Ronin



O penúltimo episódio de uma temporada de série tem apenas uma missão: levantar bem a bola pra que ela seja cortada no último. Tecnicamente falando, tem que ser uma ótima preparação para o gran finale. Não precisa ser brilhante, nem o supra sumo da qualidade. Basta apenas deixar a galera no hype pro que vem aí e que passe a mensagem de que será grandioso. A nova do (ou da. Vai saber) Gavião Arqueiro fez isso e muito mais.


Um episódio com pouco mais de meia hora de duração prometendo resoluções de BO envolvendo Clint Barton (Jeremy Renner) e Kate Bishop (Hailee Steinfeld) com a Eco (Alaqua Cox), a Yelena Belova (Florence Pugh), Eleanor Bishop (Vera Farmiga) e o Rei do Crime (Vincent D'Onofrio. Ele mesmo) - cujo qual é apresentado como Rei do Crime. Na Netflix teve uns rodeios e a Marvel foi poucas ideia. Meus bacanos Pierre e José Lucas - da faculdade Jose Lucas - me atentaram pra essa -. Tem gente botando defeito, dizendo que o episódio trouxe mais pergunta do que resposta, mas se esquece de que essa é a função de um penúltimo episódio de uma série/minissérie e dizer que a Marvel não fez isso muito bem é brigar com a imagem.


Objetivo cumprido, tenho que falar dos extras: trocação de soco, Yelena humor e piadas, investigações, um pouco de Kate na bad por o Clint ter mandado ela ir pra casa, um tanto de Kate teimosa e indo ajudar o Barton, o Ronin de traje, além de uma ótima demonstração de como foi o blip para as vitimas. Mais uma vez, a série faz questão de entregar tudo num episódio, com o padrão Marvel de qualidade e muito de sua fórmula citada em outras reviews e críticas um zilhão de vezes.

Quase que meto essa como capa, mas seria muita canalhice minha. (Florence Pugh - Marvel/Reprodução)

Gavião Arqueiro está chegando ao seu clímax e promete muito. Esperamos que cumpra. Acredito que o episódio final deva ter 50 minutos, pelo menos, diferente dos últimos que tiveram pouco mais de meia hora. Vai ser necessário muito tempo para responder os vários questionamentos trazidos desde o princípio até agora e quem desconfia do potencial da Marvel pra isso é maluco. O hype está instaurado e que esse gran finale venha muito aí, grande e sem medo de nada.


Obs.¹: Espero estar enganado, mas meteram CGI no Rei do Crime e isso sou terminantemente contra.

Obs.²: Inclusive, Rei do Crime aparecendo no MCM na semana da estreia do filme do miranha. A Marvel NUNCA dá ponto sem nó!

Obs.³: 3

Obs. Final: Enfim tiraram a Vera Farmiga de escanteio e quero ver o que tem pra ela neste último episódio. Enquanto seu lobo não vem, a nota é cinco coisas que são melhores do que macarrão com queijo.


Nota: 5 acarajés