Review - Loki: A Variante




QUE SE ABRAM AS PORTAS DO MULTIVERSO!


Se alguém tinha alguma dúvida que Loki seria a porta de entrada para o multiverso no MCU, uma pessoa fez o favor de gerar o caos na TVA (e na mente de muita gente que já estão teorizando horrores, incluindo informação dos trailers). Eis alguém que NÃO É A Lady Loki (aparentemente)... e ele foi atrás, pra salvar sua vida... ou por pura curiosidade, sei lá. É uma variável que não sabemos ainda.


Comecei esse texto pelo final do episódio porque o nome dele e o enredo gira em torno da desconfiança de todo mundo (exceto o Agente Mobius, talvez - repara que eu disse "talvez"), incluindo o espectador, com o deus da trapaça. Ou vai dizer que você realmente sabe quais são as intenções do Loki nesse episódio? Durante "A Variante" (o episódio), "A Variante" (como o infrator é chamado na TVA) Loki teve que auxiliar a agência para descobrir o que "A Variante" (a pessoa que eles querem caçar e que pensa como Loki) pretende fazer e como contê-la. Com isso vimos um Loki no modo detetive, uma variante interessantíssima e que espero ver mais no MCU.


O segundo episódio segue bem a linha do primeiro, com pouca ação e muito alívio cômico, onde Tom Hiddleston, mais uma vez, rouba a cena e os coadjuvantes fazem boas atuações, ajudando a série a ser levada num tom certo. Cabem elogios ao roteiro que é pocas ideia e que jogou tudo na caixa dos peitos logo no segundo episódio. Além disso tudo, preciso reiterar a qualidade dos efeitos visuais e cenográficos que seguem o padrão Marvel. Até agora, dois episódios e zero defeitos.


Investigação, leitura de relatórios, viagem no tempo, vamos pra 2050, onde o Loki, acertadamente, acredita que a variante que tá causando problemas na linha temporal estaria e poderia ser capturada, impedida, que seja. Sua teoria estava certa, mas no fim das contas foi uma arapuca causada pela Sylvie Lushton (Sophia Di Martino) - personagem essa que, nos quadrinhos, tem os poderes de Loki conferidos a ela, após a destruição de Asgard no Ragnarok. Esse evento é familiar pra você? - e que, por ser uma variante do Loki, atiça a curiosidade dele e de todos nós que estamos assistindo.


Obs¹: A Instituição Kiviage Cast confirmou que essa não é a Lady Loki, como todo mundo tá dizendo. À título de informação, Lady Loki é apenas uma transformação do próprio Loki, pra resumir... Mas nada impede que a Marvel faça com que a Sylvie e a Lady Loki sejam a mesma pessoa no MCU (possivelmente o próprio Loki, em outra linha temporal, que evite a destruição de Asgard).

Obs²: Eu vou pro inferno se disser que gargalhei na cena de Pompeia?

Obs³: A música que toca, quando a TVA volta pra 1985, é Holding Out For a Hero da Bonnie Tyler. Recomendo ver a letra dessa música. Vem bem a calhar com o universo dos heróis e/ou deuses. Obs. final: Outra recomendação, dessa vez porque sim, é Total Eclipse Of The Heart, da mesma Bonnie Tyler. Se você não conhece essa música, você tem desvio de personalidade.


Nota: 5 acarajés