Review - SPYxFAMILY (parte 1)


Vou começar já dizendo que essa obra é simplesmente incrível. A nota dela é 5 acarajés sem dor de cabeça nenhuma e pode assistir sem medo tanto dublado quanto legendado que a experiência vai ser apaixonante do mesmo jeito. O que eu pretendo fazer com esse texto é apenas enaltecer essa adaptação em anime de uma história que me fez comprar todos os mangás (já serializados no Brasil) dela, a qual acompanho desde o comecinho lá no Japão.


SPYxFAMILY é a criação de Tatsuya Endo, publicada na Shounen Jump+, em que um habilidoso espião mestre dos disfarces de Westalis conhecido como Twilight recebe uma nova missão: criar uma família, fazer a criança dessa família entrar num colégio prestigiado e, com isso, conseguir entrar em contato com o homem que pode ameaçar a paz mundial numa reunião escolar dos pais. Simples não acha?


Nisso chegamos ao nossos três episódios e já de cara eu posso dizer que a adaptação em anime feita pela colaboração dos estúdios de ponta WIT (Attack on Titan S1-S3, Ranking of Kings) e CloverWorks (My Dress-Up Darling, The Promised Neverland) foi um casamento perfeito. A qualidade da animação é simplesmente impecável, não que a obra exija muito, mas quando eles querem simplesmente dão um show na tela que te deixa simplesmente maravilhado. Voltando a falar dos episódios, já no comecinho conhecemos o motivo de você assistir esse anime: Anya. A menininha desde sua primeira aparição ela rouba a cena com sua fofura e carisma, além da sua habilidade especial de ler o pensamento dos outros que rende as mais diversas situações engraçadas com o Twilight, que agora assume a identidade de Loid Forger e assim pretendo chamá-lo ao longo do texto (para ajudar a manter seu disfarce em segredo).

Uma mãe que é assassina, uma filha que é paranormal, um pai que usa calcinha é um espião. Esse é o setting do que se discorre ao longo dos episódios com a progressão da história te envolvendo cada vez mais ao passo que são inseridos personagens como o elegante Inspetor Henderson, o segundo filho do alvo da missão Damian Desmond (e seus lacaios), a amiguinha Becky Blackbell, o irmão com complexo edipiano pela irmã Yuri Briar entre outros.


Eu já disse que a Anya rouba a cena sempre que aparece né? Pode parecer repetitivo, mas eu tenho que falar que ela acaba sendo a personagem que vai fazer você querer ver cada vez mais episódios por conta das situações que a garota de 6 anos (segundo ela) acaba se metendo, tomando apenas cuidado para que ninguém descubra que ela sabe ler mentes.


Outra coisa que eu tenho que ressaltar é o quanto a adaptação em anime melhora a obra original. São às vezes pequenos extras, como a Anya apresentando a casa para a Yor ou ela desenhando sobre a profissão verdadeira dos pais e eles não desconfiando de nada, como até quase episódios inteiros, como o episódio do castelo que tinha apenas 6 páginas no mangá ou o episódio da queimada (aquela brincadeira de acertar com a bola os amiguinhos) que foi recheado de extras também. Isso mostra que a produção estava se divertindo fazendo essa adaptação e melhorando ela respeitando muito o trabalho original. Ainda sobre a produção dá pra perceber um pouco qual é o estúdio responsável por cada episódio, mais sobre a direção do episódio do que pela animação em si já que a equipe de animação é a mesma para todos episódios.

Ahhh… a dublagem. É impossível você não comparar com o áudio original em japonês, simplesmente impossível. As vozes em japonês, principalmente dos Forger, são muito marcantes por parecerem perfeitas para os personagens e isso dificulta e muito o trabalho da dublagem em português. Porém as vozes em português são muito boas! A voz da Anya por exemplo, feita pela Nina Carvalho, tem muitas características da original porém ainda tem suas peculiaridades e maneirismos que a torna igualmente única. Na opinião desse que vos escreve a única voz que no começo me desagradou mas que melhorou e muito ao decorrer dos episódios a voz da Yor, feita pela Maíra Paris. Ela começa muito distante da voz original, muito mais grave e madura do que a japonesa, porém ao longo da obra ela encontra o tom perfeito e dá um show de dublagem. Vale salientar que a dublagem tem muitas referências e localizações que ficaram ótimas e me renderam risadas gostosas. Pra vocês terem uma ideia eu assisti até o episódio 11 (na data que escrevo não foram dublados todos os episódios) com minha mãe e ela simplesmente adorou, tanto que no dia seguinte ela quis assistir novamente todos os episódios.


Como não existe coisa perfeita, venho aqui explicitar que o último episódio dessa primeira parte pra mim foi mal escolhido. Aos curiosos, eles usam um episódio extra do mangá para finalizar essa parte que só vai ser continuada em outubro, porém esse episódio começa como se fosse um recap que passaria no começo da segunda parte ao invés de ser um encerramento de temporada/parte. Além disso, mesmo a história do aquário (capítulo 8.5 do mangá) ser muito engraçada e legal, ao meu ver deveria ter sido adaptada a história de quando a Yor e o Loid têm um encontro (capítulo 15.5 do mangá) que é muito mais engraçada e seria muito mais condizente com um final de temporada/parte.


Só nos resta agora esperar pela segunda parte dessa temporada de SPYxFAMILY em outubro, onde as coisas vão ficar um pouco mais interessantes e um novo personagem vai chegar para roubar seus corações junto com a Anya. Espero que eu também faça um texto (talvez um pouco menor) sobre a segunda parte também. Está disponível dublado e legendado na Crunchyroll (patrocina nois Crunchy).

Atenção, conteúdo confidencial. Não deixe esse texto cair nas mãos da Polícia Secreta de Ostania. Leia e destrua.


Nota: 5 pacotes de paçoquita. A Anya vai adorar.


Ficha Técnica:


Título Original: SPYxFAMILY

Duração: 24 minutos (12 episódios)

Ano: 2022

Estreia: 9 de Abril de 2022

Distribuição: Crunchyroll, TV Tokyo

Produção: TV Tokyo, Shogakukan-Shueisha Productions, TOHO animation, Shueisha

Estúdio: WIT Studio, CloverWorks

Direção: Yuuichi Fukushima, Tetsuya Nakatake, Kazuhiro Furuhashi

Classificação: 12 anos

Gênero: Comédia, Ação

Países de Origem: Japão

Elenco: Atsumi Tanezaki, Takuya Eguchi, Saori Hayami, Natsumi Fujiwara, Kensho Ono, Kazuhiro Yamaji, Hiroyuki Yoshino, Emiri Katou, Yuuko Kaida.