Review: What If...?: O Que Aconteceria Se... Ultron Tivesse Vencido?

RESPOSTA: CAOS NO MULTIVERSO!!!!!


Deveras confesso que ainda estou tendo minissurtos após assistir esse episódio de serase. Definitivamente foi o melhor (até agora) e gera um hype altíssimo pro último. Além disso, deu pra ver que os acontecimentos anteriores da série terão uma resposta, continuação, sei lá... Ainda tô nervoso pelo o que eu vi hoje e esperando pelo o que a Marvel vai fazer agora.


O episódio de hoje é meio que uma sequência do anterior, onde vimos o Visão-Ultron no final e ficou aquela dúvida de se, e quando, ele apareceria de novo - dúvida essa que aparecia no final dos outros episódios anteriores e tudo indica que os ganchos deixados anteriormente serão definidos no final. Tudo isso faz aumentar as expectativas para o que vai rolar na semana que vem - e ele veio... E mostrou o quão poderoso ele é, desde a 43ª morte de Tony Stark nessa série até partir Thanos ao meio.


Da parte de quando o Ultron adquire as joias do infinito pra frente, o episódio fica cada vez melhor e muitos elementos são trazidos para a tela. Outros planetas que foram exibidos no MCU, uma porradaria gostosa entre Ultron e Capitã Marvel e, o melhor de tudo: O Vigia. De um narrador que não interfere em absolutamente nada, ele se "transforma" num ser poderoso (entre aspas porque o Vigia, de natureza, é um ser bastante poderoso e ele é aquilo que foi mostrado no episódio) e entra em outra porradaria gostosa com Ultron... E invadindo multiversos! Steve Rogers presidente dos EUA! E eu achando que a Marvel estava brincando de multiverso, quando ela esfregou na minha cara que eu não tinha visto nada.


Continuando a falar do Vigia, ele foi um dos protagonistas do episódio, o que é algo novo na série. Vimos um personagem aflito, torcendo pra Natasha e Barton encontrarem o arquivo certo, um personagem descendo pra porrada e um personagem desesperado ao dizer ao Doutor Estranho - ou melhor: Doutor Estranho Supremo - que precisa de ajuda. Enfim, será interessantíssimo ver o Vigia, com Stephen Strange virado no cão, no episódio final da série.


O episódio teve o roteiro redondinho, teve várias sequências de lutas dignas de cinema e de quadrinhos, trouxe profundidade a personagens que não imaginávamos que teriam (incluindo Ultron, dando a devida relevância e o poder que ele tem), trouxe grandes imagens e traz um hype gigante para esse último episódio da série, onde absolutamente tudo pode acontecer.



Obs.¹: Essa cena! Que imagem! Inclusive bela referência a Vingadores Ultimato, invertendo o personagem sacrificado. Mas olha essa foto, bicho!

Obs.²: No começo de Loki, se fala que as joias não funcionavam em outros universos. Conversando com os parças José Lucas - que estudou na Faculdade José Lucas - e meu mano Pierre, lembramos algumas coisas: Naquele momento não se existia multiverso e uma coisa é usar a joia em outro universo, outra é usar as joias pra transcender os multiversos. Além do fato de que a TVA era uma agência que regia a linha temporal e as joias poderiam não funcionar apenas lá. Coisa do Kang? Que o espectador use de discernimento. Obs.³: O Visão poderia ter matado o Thanos em Guerra Infinita fácil assim? Talvez. Ele sabia disso? Não sei. Achou ruim? Reclame lá com os Irmãos Russo. Mas essa e muitas outras problemáticas geradas no MCU tiveram respostas simples. Fórmula Marvel, o nome.

Obs. Final: KEVIN FEIGE, EU TE AMO!


Nota: merecia 6 (uma pra cada joia), mas não vai ser eu o primeiro quem vai passar o limite, então, apenas, 5 acarajés.