Review - What If...?: O Que Aconteceria Se... Thor Fosse Filho Único?

RESPOSTA: CAOS NA TERRA!



Caos na terra, de novo! Toda semana é um caos na terra, agora. Só que agora foi por pura farra. Farra essa em que há paz no universo. Foi, no mínimo, curioso ver que Thor e Frigga estavam mais felizes com a morte de Odin, do que o contrário. Se lembrarmos da morte da mãe do Thor no segundo filme dele, houve um grande luto e uma celebração bem emocionante. Quando o Pai de Todos dormiu, uma foi pra um passeio com as miga e o outro chamou o bonde e foi pra Las Vegas... E gente de todo o universo (desde skrulls até Howard, The Duck, passando por O Grande Mestre, Nebulosa, Drax, Mantis e cia.) brotou em Midgard - vulgo Terra - para celebrar que Thor era quem estava no comando de Asgard. Além disso, Loki como Gigante de Gelo - e "irmão pra sempre" do Thor - trazem, no mínimo, questionamentos, sobre a conduta e comando de Odin - tanto para o bem, quanto para o mal.


Essas características já tornam esse episódio legal, o suficiente. Daí a gente lembra que rolou um belíssimo quebra-pau entre Thor e Capitã Marvel, que só poderíamos ver numa série como essa, e que o deus do trovão ia perder feio até mamãe brotar no meio. Em paralelo a esse quebra-pau, vemos a S.H.I.E.L.D., sob comando da Maria Hill, sendo a S.H.I.E.L.D. e não esperando o plano A acontecer pra já ter o plano B pronto... e a frustração de Brock Humlow - que está no lado do "bem" nesse episódio. No MCU, ele se identifica como agente duplo e vira o Ossos Cruzados - por nunca usarem as armas nucleares. Já dá pra ver o desvio de personalidade do cidadão.


Um episódio que traz muitas nuances, faz a gente teorizar muitas nuances e sem precisar dar muita profundidade aos personagens. Não seria preciso dar profundidade aos personagens. Melhor ainda, o episódio não se leva a sério em diversos momentos - assim como Thor Ragnarok, filme esse que é o melhor do herói e foi quando a Marvel acertou o tom com o deus do trovão no cinema.


Quando vi o tema desse episódio de serase, imaginei que seria bastante divertido. Quando vi Thor chegando em Vegas, ficou claro que seria um episódio bastante divertido. Foi o que teve mais comédia até agora e trouxe vários outros elementos, citados acima, tornando um dos melhores da série. Mais uma vez a Marvel brincou de multiverso e soube fazer isso muito bem e acredito que os envolvidos no episódio tenham se divertido tanto em participar, tanto quanto eu me diverti assistindo.


Obs.¹: Tem gente falando que no final do episódio é o Galactus. Torcedores Calma. É o Visão, na forma de Ultron, com todas as joias do infinito. Não é o Galactus, mas gera medo tanto quanto. Obs.²: Seja em live-action, seja na versão animada, Thor tem muito o que aprender com a Terra, desde que há pessoas inteligentes como Jane Foster até a forma certa da Torre de Pisa.

Obs.³: Sem palavras sobre casamento entre Darcy e Howard, The Duck.

Obs. Final: VIVA LAS VEGAS!


Nota: 5 acarajés